quinta-feira, 3 de outubro de 2013

As "regras" para um estilo de vida saudavel

Na realidade não há regras, o que resulta para uns não resulta para todos. Mas há coisas que podemos fazer para ajudar e que por poucos resultados que possam trazer mal não fazem, a menos que a pessoa tenha alguma limitação. Se já forem pessoas que fazem dietas ou vivem um vida saudável, provavelmente nada do que vou escrever é novo, mas mesmo assim nunca é demais.


  • Beber mais água (1,5l/dia no mínimo)
  • Fazer exercício (não é preciso virar atleta de alta competição, umas caminhadas podem fazer a diferença, o importante é que gostemos minimamente para não ser um frete muito grande)
  • Arranjar um companheiro de vida saudável (se tiver alguém que come o mesmo e que faz exercício consigo, não só se vai sentir mais motivada, como é mais divertido)
  • Dormir o suficiente (a tal história das 8h por dia, mas convém saber que o corpo reage melhor quando essas 8h são consecutivas e entre as 23h e as 9h)
  • Comer refeições mais pequenas (3 pequenas refeições e 2 lanches)
  • Comer devagar (o cérebro demora cerca de 20 minutos a perceber que o estômago está cheio. Quanto mais depressa comer, mais comida vai por no estômago antes de perceber que está cheio)
  • Comer mais frutas e vegetais 
  • Organize-se (prepare refeições com antecedência, assim não vai ter de almoçar algo que não lhe faz bem)
  • Cortar na comida processada (não só nas ditas fast-food, mas também tudo o que é pré feito e congelado - a menos que seja caseiro)
  • Prefirir o integral (pão, arroz, massa...)
  • Evitar os fritos e cortar o açúcar (refrigerantes com ou sem gás incluídos)
  • Cortar no álcool (especialmente bebidas brancas que tendem a ser mais calóricas)
  • Deixar de fumar activa ou passivamente (disto não posso falar muito, nunca fumei. Mas se conseguir deixar só lhe fará bem à saúde e à carteira. Os não fumadores, podem evitar lugares com muito fumo)
  • Se tem coisas às quais não consegue resistir, afaste-as de si (Se não resiste a chocolates ou gomas, não os compre, se o problema é hambúrgueres evite as zonas de alimentação dos centros comercias, ...)
  • Perceber porque é que lhe apetece comer (pode ser sede, pode ser fome ou pode estar a comer para camuflar sentimentos) 
  • Ter a melhor higiene oral possível (esta dá que pensar. Mas se analisarmos bem, quando comemos acabamos por ficar com alguns sabores na boca, se lavarmos os dentes após cada refeição é menos um pormenor que nos ajuda a "petiscar")
  • Melhorar a sua postura (ao andar/sentar-se direito, vai fortalecer os músculos lombares e abdominais... Não, não vai perder a barriga e ficar com um sixpack, mas é um princípio)
  • Aprender a dizer não (Não a certos tipos de comida e não a pessoas que só trazem negatividade à sua vida)
  • Gostar de nós próprios e dar valor ao que temos (isto pode parecer estúpido, mas quando nos apreciamos conseguimos ver tudo de uma forma mais positiva) 
  • Não sinta que se esta a privar de nada (esta para mim é a mais importante, por isso ficou para o fim. é importante que possa apreciar não só o que come, como o exercício que faz, por isso não deixe que isso limite a sua vida. pode continuar a sair e jantar com os amigos, só tem de ter um pouco de contenção. E se me apetecer aquele chocolate? Coma, mas só metade. E não como todos os dias, faça disso uma excepção)

Sem comentários:

Enviar um comentário