terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Problemas com as unhas

Seja com verniz normal, gel, gelinho, verniz de gel, caviar... É raro vermos uma miúda/mulher sem verniz nas unhas. Mas e quando retiram o verniz? Que aspecto têm as vossas unhas? Pois é, é tempo de olhar bem para elas e tentar perceber o que elas nos estão a dizer. Eu estou à quase dois anos a só pintar as unhas em ocasiões especiais (aniversários, casamentos e pouco mais...) e desafio-vos a dar umas férias sem verniz às vossas unhas e conhece-las melhor. Acreditem ou não elas dizem muito sobre o nosso bem-estar geral, e aqui somos todas apologistas do ser mais saudável, do ser mais e melhor, certo?
Acreditem ou não as nossas unhas podem dar-nos indicação sobre um variado número de problemas, como stress, ansiedade, défices nutricionais, infecção e até algumas doenças. Assim que tirarem o verniz analisem a unha. Uma unha saudável é "lisa e sem rugosidades ou sulcos, com uma tonalidade rosada e sem pontos ou descolorações" (Share Care). Assim, quer seja o que for que as vossas unhas tenham convém saber o que pode querer dizer...

Descascar/Lascar: Este é o meu maior problema, e acreditem que sei muito sobre ele. Já tive duas consultas com a minha dermatologista em que isto foi o tópico mais importante. 
Basicamente a nossa unha é composta por várias camadas de queratina sobrepostas. Quando estas camadas se separam, a de cima começa a descascar e não há verniz que lhe aguente. Isto acontece quando temos as mãos, e consequentemente as unhas, muito tempo expostas à água (isto começou a acontecer-me ao praticar Vela), ao frio, a ar seco (malditos ar condicionados) ou a falta de certos nutrientes como o ácido linolico. Assim é importante aumentar a ingestão de óleos vegetais, como azeite, óleo de sesamo e de amendoim. Podemos sempre tomar suplementos, como foi o meu caso (Cystine B6) e ter maiores cuidados com as unhas. Eu comecei a usar Óleo de Cravo 1 vez por semana e todos os dias antes de dormir ponho um creme receitado pela dermatologista (Ecrinal - Fortifying cream with ANP) nas unhas, mas especialmente na base e cutículas, para ajudar a unha a crescer mais forte, porque reparar uma unha lascada é impossível, só podemos impedir que volte a acontecer! Se quiserem disfarçar para por um verniz e que vos aguente pelos menos um 2/3 dias, recomendo o Mavala Reforço de Unhas, não cura mas disfarça ;)

Azuladas: Esta é a mais perigosa para a saúde. Se estiveram bem e foram brincar para a neve provavelmente só quer dizer que estão com frio, mas se a vossa unha tem um ar azulado constantemente provavelmente é porque não estão a conseguir levar oxigénio suficiente ao cérebro e o aí é imperativo que consultem um médico assim que possível.

Rugas/esterias: Não querem dizer nada de especial, tem mais a ver com a forma da unha. E se as têm o mais provável é que elas aumentem e engrossem com o passar dos anos. Eu tenho nas minhas e nem lhes dou muita importância. Se vos incomodar muito podem poli-las superficialmente, mas quanto menos mexermos nas nelas melhor, vão por mim! Se nunca tiveram e de repente as unhas começa a nascer rugosas, provavelmente quer dizer que andam muito stressadas. O melhor é fazer uns minutos de ioga todos os dias ou tirar uns dias só para descansar ;)

Amareladas: A maioria das vezes unhas amareladas só que dizer que usamos um verniz escuro durante muito tempo e sem a base apropriada. Em princípio uns dias sem verniz resolvem o problema, mas caso demore mais de duas semanas e tenham também as cutículas inchadas e avermelhadas pode ser um fungo e devem consultar um médico dermatologista.

Na maioria dos casos, uma dieta equilibrada e uma boa higiene pessoal garantem umas unhas saudáveis (e um corpo saudável). Por isso comam mais fruta e vegetais, tomem vitaminas se acharem necessário, garantam é que estão a ingerir todos os nutrientes que precisam. E não se esqueçam de quando em vez darem umas férias sem verniz às unhas, só garantir que se mantêm saudáveis ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário